1ª Feira Municipal de Ciência, Tecnologia e Sustentabilidade da RME

Date: novembro 10, 2015 Author: admin Categories: Notícias

Aconteceu na sexta-feira dia 23 de outubro no Centro Desportivo Municipal a 1ª Feira Municipal de Ciência, Tecnologia e Sustentabilidade da RME de Santa Maria. No total, 31 trabalhos e pesquisas foram apresentados por escolas da rede municipal, além da participação do Colégio Politécnico, do CTISM, do curso de Química da UFSM e do curso de Geoprocessamento, também da UFSM. A equipe da Rádio Ruschi esteve presente, fazendo a cobertura colaborativa do evento, a convite da comissão organizadora. Gostaríamos de parabenizar a equipe organizadora e os pesquisadores e agradecer a oportunidade, muito obrigada. Segue, na sequência, fotografias, trechos de entrevistas e notícias do evento.

foto1

A E. M. E. F. Vicente Farencena esteve presente na Feira com o Projeto de Ações Sustentáveis no Ambiente Escolar e com uma turma de 5º ano, coordenados pela professora Francisca, apresentando a pesquisa sobre o auxílio que animais abandonados necessitam. O trabalho da turma teve início com o estudo da Carta da Terra e posteriormente a Declaração Universal dos Direitos dos animais. Assim, os estudantes criaram cartazes, histórias, panfletos, fizeram rifas, produziram sabão com óleo de cozinha, com objetivo de arrecadar dinheiro para auxiliar a compra de ração, vacinas, castração e atendimento veterinário. A turma já arrecadou R$213,00 que foi entregue a voluntários que desenvolvem trabalhos na defesa e cuidado de animais de rua. Os estudantes também estudam a importância da guarda responsável dos animais.

foto2

foto3

foto4

A E. M. E. F. Perpétuo Socorro apresentou o projeto do Jardim Vertical desenvolvido por alunos de 6º, 7º e 9º anos que tem por objetivo fazer um contraponto entre o verde do espaço rural e o cinza das nossas cidades. O Jardim Vertical é uma alternativa principalmente para quem vive em apartamentos poder cultivar plantas, flores e temperos orgânicos em pequenos espaços. Também apresentaram um jogo de xadrez feito com materiais recicláveis.

foto5

foto6

A E. M. E. F. Tenente João Pedro Menna Barreto, levou para a Feira seu Projeto de Leitura na Escola; a aplicação da torre de líquidos para demonstrar as diferentes densidades das substâncias e a Casa feita de caixa de leite.

foto7

A E. M. E. F. Castro Alves mostrou sua Produção de plástico biodegradável através do amido da batata. Os alunos do 9º ano, Ana Cecília, Gregory, Jean e Miguel, coordenados pela professora Katieli explicaram o processo caseiro de obtenção do plástico e a importância dele, por se tratar de um material que se decompõem rapidamente, portanto agride menos a natureza e também por apresentar baixo custo. O mesmo processo pode ser realizado com amido do milho e da mandioca.

foto8

A Escola Municipal de Artes e Ofícios (EMAI) esteve presente no evento apresentando as camisetas produzidas no curso de serigrafia e com vendas de castiçais, luminárias e mesas, todas produções dos alunos e com lucro revertido para a escola. Os expositores lembraram que as inscrições para oficinas com início em 2016 estão abertas.

A E. M.E. F. Irmão Quintino esteve presente com alunos dos anos iniciais que apresentaram seus experimentos com a germinação do milho. No estande da escola, os visitantes podiam degustar de saborosos bolos de milho e pipoca.

foto9

O CTISM apresentou seu robô de combate Mangrulho, dentre outras criações.

foto10

 

O Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria, apresentou sua Usina Piloto de Etanol, projeto de aluno do curso de mestrado em engenharia de produção. O objetivo é a transformação de óleo de cozinha usado em biodiesel. Através deste processo se obtém como resíduo a glicerina bruta que pode ser utilizada para fazer sabão e na composição das rações animais.

 

Os alunos do curso de Química apresentaram o projeto Química no Cotidiano, com objetivo de tornar a disciplina atraente para os alunos, já que ela está mais presente na nossa vida do que podemos imaginar, por exemplo, nos cosméticos, na alimentação e na agricultura.

A Secretária de Educação do Município, Silvana Guerino disse que a 1ª Feira de Ciência, Tecnologia e Sustentabilidade da RME de Santa Maria superou as expectativas, pois o número de visitantes no início da tarde de sexta, já ultrapassava 1000 pessoas, incluindo alunos de escolas municipais, estaduais e comunidade em geral. Além disso, diversos trabalhos que estão em andamento nas escolas não foram apresentados, o que indica que a segunda edição da feira será ainda maior. A Secretária lembrou projetos anteriores implementados na RME, como o Leitura no Coração e o Malhando o Cérebro (com foco na matemática) e a necessidade da pesquisa científica para atender as exigências impostas pela sociedade. Segundo ela, os trabalhos apresentados na Feira, demostram um processo educativo dinâmico e inovador com os alunos no centro.

foto11

O Prefeito César Schirmer em entrevista à Rádio Ruschi salientou que a escola tradicional em que o professor verbaliza, à moda antiga, está em descrédito. A escola contemporânea tem que ter imaginação e criatividade e a Feira demonstra isso, demonstra que é possível uma cidade mais educada do ponto de vista da ciência, da cidadania e da participação coletiva. Lembrou ainda a experiência herdada do ambientalista Augusto Ruschi, já que, o tema da sustentabilidade ambiental esteve presente em boa parte das pesquisas apresentadas na Feira.

foto12

foto13